Gmail no Outlook 2010

Gmail no Outlook 2010

Ao contrario do Hotmail, o Gmail não tem protocolo padrão de e-mail, você terá que escolher manualmente isso, escolhendo ou IMAP ou POP3, seguindo os seguintes passos:
Acesse sua conta no Gmail via navegador, clique em Configurações no canto superior direito, logo em seguida em Encaminhamento e POP/IMAP conforme a figura abaixo:
gmail1
Escolha o seu tipo de protocolo preferido após isso, clique em Salvar Alterações.
No Outlook, vá na guia superior esquerda Arquivo e Clique em Adicionar Conta
novaconta

No caso de você ter escolhido protocolo IMAP, os procedimentos são esses:
Após clicar em Adicionar Conta, preencha seus dados do Gmail e clique em Avançar.
gmail2
O Outlook vai tentar conexão com o Servidor do Gmail e conferir seus dados…
gmail3
E se tudo estiver correto, mostrará em seguida que a conexão foi feita e o IMAP foi configurado com êxito.
gmail4
E pronto ! O Outlook vai baixar todas as suas mensagens, e como foi dito no Hotmail, a velocidade dessa operação terminar depende da quantidade de dados que você possui nesta caixa postal e de sua velocidade de conexão.

Usando o Gmail em protocolo POP3
Caso você tenha escolhido usar o protocolo POP3 para seu Gmail, os procedimentos também são quase iguais ao do Hotmail, vamos repetir:
Após ter clicado em Adiciona Conta, na guia Arquivo, clique no botão “Definir manualmente…” em seguida Avançar.
cadastromanual
Próxima Janela, faça o mesmo procedimento igualmente que dissemos acima do Hotmail, deixe a guia Email da Internet ligada e clique em Avançar
config_pop3_hot2
Logo em seguida, vai ser pedido os dados da conta POP3 que você pretende cadastrar, você deve preencher os seguintes dados:
  • Seu nome que vai aparecer nos e-mails enviados
  • Seu endereço de e-mail do Gmail
  • Servidor de entrada de Emails: pop.gmail.com
  • Servidor de saída de Emails (SMTP): smtp.gmail.com
  • Tipo de conta, deixe POP3
  • Seu Logon do Gmail
  • Sua senha de Logon
gmail5
Em seguida, clique em Mais Configurações (Canto direito inferior da janela acima)
E desse ponto tudo é exatamente igual a configuração de POP3 do Hotmail, segue:
Na aba Servidor de saída, marque a guia Meu servidor de saída (SMTP) requer autenticação e a primeira opção abaixo, Usar mesmas config. do servidor de entrada de emails.
config_pop3_hot5 
Na aba Avançado, preencha os seguintes dados:
  • Servidor de entrada (POP3): 995
  • Deixe assinalado a guia Este servidor requer uma conexão criptografada (SSL)
  • Servidor de Saída (SMTP): 587
  • Usar o seguinte tipo de conexão criptografada: TLS
Ficará assim:
config_pop3_hot4
E pronto ! O Outlook está agora apto para ser usado na conta POP3 de seu Gmail.


Fonte: http://www.mrjerez.net/hotmail-e-gmail-no-outlook-2010

Gmail no Outlook 2010 Ao contrario do Hotmail, o Gmail não tem protocolo padrão de e-mail, você terá que escolher manualmente isso, escolhe...

Configurando conta de e-mail do Hotmail no outlook 2010

Hotmail no Outlook 2010

Antes de ligar o Outlook, você terá que obrigatoriamente  instalar um software chamado Microsoft Outlook Hotmail Connector
Esse software permite as seguintes funções ao Outlook + Hotmail:
  • Enviar/Receber todos os e-mails do Hotmail
  • Gerencie seus contatos no Windows Live Hotmail.
  • Use opções avançadas para bloquear lixo eletrônico.
  • Gerencie várias contas de e-mail em um local.
  • Gerencie e sincronize vários calendários, incluindo calendários compartilhados para o Windows Live Calendar do Outlook.
  • As suas listas Remetentes Confiáveis/Remetentes Bloqueados/Destinatários Seguros serão sincronizadas entre o Outlook e o Hotmail.
  • Enviar/Receber funcionará como em suas outras contas do Outlook.
  • O status da sua conta do Hotmail será exibido na barra de status do Outlook.
  • As regras funcionarão com a conta do Hotmail no Outlook mesmo se ela não for a sua conta principal.
Para baixa-lo, clique aqui:
Microsoft Outlook Hotmail Connector (32 Bits)
Microsoft Outlook Hotmail Connector (64 Bits)
Salve em uma pasta sua de preferencia o arquivo e execute a instalação
Conector2

Clique em Aceito e Instalar
Conector3 
Instalação concluída
Conector4_1

Agora sim, podemos ir para o assistente de inicialização do Outllok 2010, vamos lá:
Outlook2010-Inicializacao
Tela de inicialização do Outlook 2010

Outlook2010-Ini2
Preencha seus dados de conta do Hotmail e em seguida avançar
Outlook2010-CnfaHot
Nota: Se o Microsoft Outlook Hotmail Connector não tivesse sido instalado antes, como aconselhamos,  o processo de configuração da conta Hotmail iria parar após você clicar em avançar na tela acima. Você seria forçado a instalar o software e após isso, reiniciar o Outlook e começando todo o processo novamente de preenchimento de dados.

Continuando, clicando em avançar, o Outlook vai checar suas informações
logon_hotmail_
O Microsoft Outlook Hotmail Connector vai pedi para você confirmar sua senha
logon_hotmail2_
E pronto ! Só clicar em concluir
logon_hotmail3_
E pronto ! Agora o Outlook vai sincronizar suas mensagens do Hotmail, baixando em seu computador. Esse processo pode demorar vários minutos ou horas, pois depende de duas coisas:
  • Quantidade de e-mails que você tem e anexos deles; (tamanho em Mb)
  • A velocidade de sua conexão.
Ao final do processo, tudo será importado conforme mencionado lá em cima no tópico sobre o Microsoft Outlook Hotmail Connector.

Usando o Hotmail em protocolo POP3
Lembram-se que o protocolo do Hotmail por padrão é IMAP ? Pois bem, desde fevereiro de 2009 a Microsoft permite o acesso do Hotmail também usando o protocolo POP3, se você quiser mudar para POP3 no seu Outlook 2010, terá que descadastrar a conta de e-mail e começar todo o processo de novo, com a diferença que na opção de cadastramento você clicaria no botão Definir Manualmente as Configurações do Servidor ou Tipos de Servidor Adicionais e Avançar em seguida.
cadastromanual
Em seguida deixe o botão padrão ligado, Email da Internet e clique em Avançar
config_pop3_hot2
Logo em seguida, vai ser pedido os dados da conta POP3 que você pretende cadastrar, você deve preencher os seguintes dados:
  • Seu nome que vai aparecer nos e-mails enviados
  • Seu endereço de e-mail do Hotmail
  • Servidor de entrada de Emails: pop3.live.com
  • Servidor de saída de Emails (SMTP): smtp.live.com
  • Tipo de conta, deixe POP3
  • Seu Logon do Hotmail
  • Sua senha de Logon
Ficará assim:
config_pop3_hot3
Em seguida, clique em Mais Configurações (Canto direito inferior da janela acima)

Na aba Servidor de saída, marque a guia Meu servidor de saída (SMTP) requer autenticação e a primeira opção abaixo, Usar mesmas config. do servidor de entrada de emails.
config_pop3_hot5 
Na aba Avançado, preencha os seguintes dados:
  • Servidor de entrada (POP3): 995
  • Deixe assinalado a guia Este servidor requer uma conexão criptografada (SSL)
  • Servidor de Saída (SMTP): 587
  • Usar o seguinte tipo de conexão criptografada: TLS
Ficará assim:
config_pop3_hot4
E pronto, todas suas mensagens serão abaixadas, porém, lembre-se  o POP3 é o protocolo onde servidor não espelha suas mensagens, conforme esta escrito nas 3 opções finais da janela acima, ele pode até deixar uma cópia, mas será por um tempo limitado.

Hotmail no Outlook 2010 Antes de ligar o Outlook, você terá que obrigatoriamente   instalar um software chamado Microsoft Outlook Hotmail C...

Backup Fácil no Windows XP (Cópia de segurança)


***visitem nosso fórum***
 

Backup Fácil no Windows XP

A maioria das pessoas pensa em fazer backup de dados 10 minutos depois que já é tarde demais para resolver alguma coisa. Se você perceber que realmente precisa de um bom programa de backup depois que o seu disco rígido trava ou seu filho adolescente decide excluir alguns dos seus arquivos para liberar espaço para novos downloads de músicas, estará você prestes a enfrentar um “desastre” com seus dados. Você está preparado para perder seu catálogo de endereços do e-mail (e todas as suas mensagens)? O que você faria se todas as suas fotos digitais desaparecessem amanhã de repente? Você tem cópias de backup do retorno de taxas preenchido automaticamente ou de correspondências importantes?
Felizmente, fazer o backup dos principais arquivos não é difícil nem demora muito tempo. Na verdade, todo o processo pode levar aproximadamente 10 minutos por semana, e você pode deixar o Windows XP fazer a maioria do trabalho.

Prepare-se

Antes de começar a criar um backup, seus arquivos devem estar em ordem. Isso não significa que você precisa fazer como Felix Unger (em inglês) e reorganizar compulsivamente cada arquivo em cada uma das pastas. Verifique se todos os seus arquivos de dados principais estão armazenados em um local fácil de ser encontrado.
O Windows XP facilita essa tarefa, oferecendo a cada conta de usuário um perfil pessoal próprio, que contém uma série de subpastas na pasta Documentos e Configurações. Seu perfil apresenta arquivos pessoais (na pasta Meus Documentos), mensagens do Outlook Express, Favoritos, cookies do Internet Explorer e informações sobre suas configurações e preferências. Se os seus dados pessoais estiverem armazenados em algum lugar, mova-os para a pasta Meus Documentos para facilitar o backup. Se você não quiser ou não conseguir mover esses arquivos, anote o local em que eles estão para que possa adicioná-los posteriormente ao backup.

Inicie o Backup do Windows XP

O Windows XP inclui o próprio programa de backup, embora talvez você precise procurar um pouco para encontrá-lo. Você também pode escolher programas de terceiros (listados ao final desta coluna) que incluem recursos que você não encontrará no utilitário de Backup básico do Windows XP.
Se você utilizar o Windows XP Professional, o utilitário de Backup do Windows (Ntbackup.exe) deverá estar pronto para uso. Caso utilize o Windows XP Home Edition, precisará executar as seguintes etapas para instalar o utilitário:
1.Insira o CD do Windows XP na unidade e, se necessário, clique duas vezes no ícone do CD em Meu Computador.
2.Na tela de Welcome to Microsoft Windows XP, clique em Executar Tarefas Adicionais.
3.Clique em Pesquisar este CD.
4.No Windows Explorer, clique duas vezes na pasta ValueAdd folder, em seguida em Msft e em Ntbackup.
5.Clique duas vezes em Ntbackup.msi para instalar o utilitário de Backup.
Para obter mais informações, consulte Como Instalar o Backup no Windows XP Home Edition.
Feito isso, você poderá começar a fazer o backup. Por padrão, o utilitário de Backup utiliza um assistente para facilitar o processo. Para iniciar o Backup:
1.Clique em Iniciar, aponte para Todos os Programas, em seguida para Acessórios, Ferramentas do Sistema , e clique em Backup para iniciar o assistente.
2.Clique em Avançar para sair da página de abertura, selecione Fazer o backup de arquivos e configurações na segunda página e clique em Avançar. Você verá a página mostrada na Figura 1, que representa a primeira decisão tomada.
Figure 1
Figura 1


Decida de Quais Arquivos Você Quer Fazer Backup

Talvez você queira clicar em Todas as informações deste computador para fazer o backup de todos os dados presentes nele. Pense duas vezes antes de selecionar essa opção. Se você instalou uma quantidade grande de software, seu backup ficará com muitos gigabytes. Para a maioria das pessoas a opção Documentos e configurações é a melhor escolha. Isso preserva seus arquivos de dados (incluindo e-mails e catálogo de endereços) e as configurações pessoais armazenadas no Registro do Windows.
Se muitas pessoas utilizarem o seu computador – como deve ser o caso em um PC compartilhado pela família – selecione Documentos e configurações de todos os usuários. Essa opção faz o backup dos arquivos pessoais e das preferências de cada usuário que tenha uma conta no computador.
Se você tiver arquivos de dados armazenados fora do seu perfil, clique em Eu escolherei os itens dos quais fazer backup. Isso levará você à página Itens para backup, mostrada na Figura 2.
Figure 2
Figura 2
Marque a caixa de seleção Meus Documentos para fazer o backup de todos os arquivos no seu perfil pessoal e vá até Meu Computador para selecionar os arquivos adicionais dos quais deseja fazer o backup. Se alguns arquivos estiverem em uma unidade de rede compartilhada, abra a pasta Meus locais de rede e selecione as pastas necessárias.
Essa opção também será útil se você tiver alguns arquivos dos quais não queira fazer backup. Por exemplo, eu tenho mais de 20 GB de arquivos de música na pasta Minhas Músicas. Para manter o backup do arquivo de dados com um tamanho razoável, eu clico na caixa de seleção ao lado da pasta Minhas Músicas. Isso desmarca a seleção de todos os arquivos e todas as subpastas em Minhas Músicas.


Decida Onde Armazenar seus Arquivos de Backup

Na página Tipo de Backup, Destino e Nome, o Windows pede para você especificar um local de backup. Se você é uma das raras pessoas com acesso a uma fita de backup, o utilitário de Backup oferece opções na caixa Selecionar um tipo de backup. Sem unidade de fita? Tudo bem. O backup supõe que você vá salvar tudo em um único arquivo; você precisará apenas escolher um local para o arquivo e dar um nome a ele.
Por padrão, o Backup propõe salvar tudo na unidade de disquete (unidade A). Embora isso parecesse razoável antigamente, hoje em dia é uma opção irracional. Você precisaria de dezenas, talvez centenas, de disquetes para armazenar até mesmo a menor quantidade de arquivos de dados, principalmente se você tiver músicas ou fotos digitais.
Em vez de fazer isso, o melhor é clicar em Pesquisar e escolher um dos seguintes locais:
O disco rígido do seu computador. O local ideal de backup é uma partição separada daquela a partir da qual você está fazendo o backup. Se o seu disco rígido estiver particionado em unidade C e unidade D e seus dados estiverem na unidade C, você poderá fazer o backup com segurança para a unidade D.
Uma unidade de disco Zip drive ou outra mídia removível. Com 100-250MB por disco, essa é uma boa opção caso você não vá fazer o backup de muitos gigabytes. Infelizmente, o utilitário de Backup não consegue salvar os arquivos diretamente em uma unidade de CD-RW.
Uma unidade de rede compartilhada. Você estará limitado apenas pela quantidade de espaço livre no compartilhamento de rede.
Uma unidade de disco rígido externa. O preço das unidades USB e IEEE 1394 ou FireWire caiu recentemente. Obtenha uma unidade de 40 GB ou maior e utilize-a como dispositivo de backup.
Depois de escolher um local para o backup, insira um nome para o arquivo, clique em Avançar para exibir a página final do assistente, conforme mostrado na Figura 3, e clique em Concluir para começar imediatamente a fazer o backup.
Figure 3
Figura 3

Programe-se e Cumpra essa Programação

Se você for uma pessoa disciplinada, repetirá as etapas acima uma vez por semana e irá executar backups regulares quando estiver preparado para isso. Se você não quiser se preocupar em lembrar de executar essa tarefa, configure o agendamento de backup automático do Windows. Ao chegar à última página do Assistente de Backup (vide Figura 3 acima), não clique em Concluir. Clique no botão Avançado e em Avançar para abrir a página Quando Fazer o Backup. Escolha Posteriormente e clique em Agendar para abrir a caixa de diálogo Agendar Tarefa, mostrada na Figura 4.
Figure 4
Figura 4
Esse exemplo mostra as configurações para um backup semanal feito de sexta-feira à tarde – uma boa maneira de saber que seu trabalho semanal estará protegido. No entanto, você pode definir o agendamento que você quiser observando as opções disponíveis nessa caixa de diálogo. Após clicar em OK para salvar as alterações, o Windows XP executa o backup automaticamente. Lembre-se apenas de deixar seu computador ligado.
Com isso, você terá um backup de 5 GB de dados em menos de 10 minutos. Além disso, não precisará se preocupar em desligar programas em execução, graças a um recurso chamado cópia de sombra de volume (volume shadow copy). O utilitário de Backup irá criar, com segurança, uma cópia de cada arquivo, mesmo que ele esteja em uso. Para obter mais informações, consulte o artigo do Microsoft TechNet, Tecnologia de Cópia de Volume de Sombra (em inglês).

 

Outras Alternativas de Backup

O utilitário de Backup do Windows é útil e gratuito, mas não é a única opção de backup. Dependendo das suas preferências, você poderá optar entre vários tipos de soluções de terceiros para fazer backup, como por exemplo (sites em inglês):
Quer fazer o backup APENAS do seu e-mail? Experimente OutBack Plus 4 (em inglês) ou o Utilitário de Backup de Pastas Pessoais do Microsoft Outlook se você utilizar qualquer versão do Microsoft Outlook, ou utilize o OE Backup (em inglês) para o Outlook Express. Esses programas ajudam a manter cópias seguras de suas mensagens e dos endereços.
Deseja restaurar toda a unidade de disco rígido no caso de um travamento? Ferramentas de drive image como PowerQuest Drive Image 2002 (em inglês) podem fazer uma captura instantânea do seu disco, compactando-o em um único arquivo e salvando-o para acesso rápido posteriormente.
Com medo de que incêndio, inundação ou bandidos retirem suas cópias de backup do computador? Gaste um pouco mais por mês para utilizar alternativas de backup on-line como Xdrive Plus (em inglês) ou @Backup (em inglês), onde você pode transferir os arquivos mais importantes para armazenamento em um servidor seguro.
É evidente que você sempre terá a opção de copiar arquivos importantes para uma mídia removível. Com as unidades de CD-RW e a capacidade de 650 MB por disco, essa é uma opção atraente. Na verdade, qualquer alternativa de backup é melhor do que não fazer nada e esperar que seus dados estejam seguros por si próprios.


Ed Bott, colunista da Expert Zone, é jornalista da área de computação vencedor de prêmios, e trabalha com o Microsoft Windows há mais de 15 anos. Seus livros mais recentes da Microsoft Press incluem:Faster Smarter Microsoft Windows XP (em inglês) e Microsoft Windows XP Inside Out (em inglês) (com Carl Siechert and Craig Stinson).



O Fórum e o Blog F2 - Suporte, sempre ajudam você com as Apostilas, tutoriais, e-books, vídeo-aulas, simuladores, gratuitos. Ajude também o Fórum e o Blog F2 - Suporte, fazendo uma doação, através do PagSeguro pode ser qualquer valor, por boleto, cartão ou débito em conta, contamos com sua ajuda!!!

  




***Visite nosso fórum***

***visitem nosso fórum***   Backup Fácil no Windows XP A maioria das pessoas pensa em fazer backup de dados 10 minutos depois que...

Utilizar a Área de Trabalho Remota do XP

Prepare-se para Utilizar a Área de Trabalho Remota

Prepare-se

Atualizado em: 20 de dezembro de 2005
Imagine que você recentemente iniciou um pequeno negócio e está tentando criar sua base de clientes – vendedores na rua o dia todo, trabalhando em novos negócios. Você não quer que sua equipe de vendas fique sem materiais que precisam em reuniões com seus importantes clientes. Você pode fortalecer seus funcionários colocando na palma de suas mãos dados importantes, a qualquer hora.
A Área de Trabalho Remota, incluído no Windows XP Professional, permite a você conectar-se ao seu computador através da Internet virtualmente a partir de qualquer computador, Pocket PC ou Smartphone. Uma vez conectado, a Área de Trabalho Remota fornece a você mouse e teclado através de seu computador enquanto mostra tudo o que está aparecendo na tela. Com a Área de Trabalho Remota, você pode deixar seu computador no escritório sem perder o acesso a seus arquivos, aplicações e emails. Sua equipe de vendas poderá acessar a tabela de preços mais recente remotamente usando este recurso.





Como usar a Área de Trabalho Remota

Com a Área de Trabalho Remota, você pode conectar-se ao computador do trabalho a partir de sua casa e acessar todos os seus programas, arquivos e recursos de rede como se estivesse sentado na frente dele.
Você precisa de três itens para criar sua conexão:
1.O Microsoft Windows XP Professional deve estar instalado no computador que contem os arquivos e programas que você deseja acessar remotamente. O computador também deve fazer parte da rede corporative onde as conexões de Área de Trabalho Remota são permitidas. Este computador é conhecido como host.
2.O computador remoto deve estar executando o Windows 95 ou superior. Este computador também deve conter o cliente da Área de Trabalho Remota instalado. O computador remoto é chamado de cliente.
3.Ambos os computadores devem estar conectados a Internet.
Para configurar a Área de Trabalho Remota, inicie no computador host, por exemplo seu computador do trabalho.
1.Certifique-se que está conectado com um conta administrativa.
2.Clique em Iniciar, Painel de Controle e em Desempenho e Manutenção.
Painel de Controle
3.Clique em Sistema.
Desempenho e Manutenção
4.Clique na guia Remoto, selecione a opção Permitir que usuários se conectem a este computador e clique em OK.
Permitir que usuários se conectem  a este computador
Em seguida, certifique-se de que o Firewall do Windows esteja configurado para permitir exceções.
1.No Painel de Controle, clique em Central de Segurança.
Painel de Controle
2.Em Gerenciar configurações de segurança para, selecione Firewall do Windows.
Gerenciar configurações de segurança
3.Certifique-se de que a opção Não permitir exceções não esteja selecionada.
Não permitir exceções
4.Clique na guia Exceções e certifique-se de que a opção Área de trabalho remota esteja selecionada.
Não permitir exceções
5.Clique em OK e feche a Central de Segurança.
Seu computador host agora está pronto para receber conexões remotas.
Você precisará do nome do computador host.
6.No Painel de Controle, clique em Desempenho e Manutenção, em Sistema, e na guia Nome do computador.
Nome do computador
7.Anote o nome completo do computador e clique em OK.
8.Feche o Painel de Controle.
9.Mantenha este computador em execução, bloqueado e conectado a rede corporative com acesso a Internet.

Conectando seu computador remoto ao computador host

Para conectar seu computador doméstico, que é o computador cliente (ou remoto), siga estes passos:
1.No computador doméstico, clique em Iniciar, Todos os Programas e em Acessórios.
2.No menu Acessórios, clique em Comunicações e em Conexão da Área de Trabalho Remota.
3.Na caixa Computador, digite o nome do computador host, anotado anteriormente.
Nome do Computador
4.Clique em Conectar-se.
5.Quando a caixa de diálogo de Logon para Windows aparecer, digite seu nome de usuário, senha e domínio (se requisitado), e então clique em OK.
Caixa de Logon
A janela da Área de Trabalho é aberta, e você verá as configurações do desktop, arquivos e programas que estão no computador host, neste caso seu computador do trabalho. Seu computador host permanecerá bloqueado, e ninguém poderá acessá-lo sem uma senha. Além disso, ninguém será capaz de ver o que você está fazendo remotamente.
Para finalizar sua sessão de Área de Trabalho Remota:
1.Clique em Iniciar e em Fazer logoff na base do Menu iniciar.
2.Quando solicitado, clique em Fazer logoff.



Fazer logoff


VEJA TAMBÉM:

Utilizar a Área de Trabalho Remota do XP

Acesso remoto, VNC, Ultra VNC, Acessar outro computador Remotamente.

TightVNC - Acesso Remoto no Linux

Como acessar outro computador remotamente com o TeamViewer

Utilizando o Log me in para acesso remoto

Conexão remota Windows 7 (Desktop Connection)

Utilizar a Área de Trabalho Remota do XP

Como saber se estou sendo monitorado pelo VNC, TeamViewer, Log Mein, TightVNC (Acesso remoto não autorizado)


Prepare-se para Utilizar a Área de Trabalho Remota Prepare-se Atualizado em: 20 de dezembro de 2005 Imagine que você recentemente iniciou u...

VirusTotal.com: verificar se o arquivo contém vírus

Você acaba de receber um arquivo por email. Seu antivírus não acusou nada, mas você está com a pulga atrás da orelha e gostaria de conferir com outros antivírus? Ou está pensando em adquirir um antivírus e gostaria de testar alguns vírs com eles (até um tempo atras eu mantinha uma pequena coleção de vírus, justamente para testes de antivírus)? Para situações como essas, vale a pena experimentar o site VirusTotal.com. É prático, fácil de utilizar e 100% gratuito. Atenção: O uso desse site não descarta a necessidade de utilização de um antí-virus instalado localmente na sua máquina. Apesar de o site utilizar 40 antí-virus diferentes não existe nenhuma garantia de que um arquivo não detectado por nenhum antivírus seja inofensivo.

O site:
O site pode ser acessado pelo endereço http://www.virustotal.com/pt. A interface (aparência) do site é bem limpa e direta. No alto do site existe o menu com as 24 línguas suportadas, entre elas o Português. No centro, existe o botão "
Arquivo ...", que permite selecionar o arquivo suspeito a ser verificado. Caso haja um proxy que detecte o arquivo e não permita o envio para o site, você pode marcar a opção "Enviar utilizando SSL", que vai criptografar a conexão, ocultando o arquivo do proxy. Vale também observar a "Carga do serviço", que informa quantas pessoas estão utilizando o site no momento. Caso a carga esteja alta, seu arquivo entrará em uma fila antes de ser verificado.


Caso o aqruivo enviado já tenha sido analisado anteriormente, o site oferece a opção de ver o resultado da última análise ou efetuar uma nova análise. Caso a análise anterior seja muito antiga, vale a pena refazê-la, pois os resultados podem ser diferentes.

A página de resultados também é bem simples. O topo da página exibe data, hora e o andamento da verificação. Abaixo, são mostrados quantos antivírus (do total de 40 com que o site trabalha) reconhecem o arquivo como sendo uma ameaça. Mais abaixo, são exibidos em detalhes informações de cada Antí-virus: Nome, versão do aplicativo, data da última atualização e resultado da varredura. Por fim, no final da página são exibidos vários detalhes técnicos.


Por fim, vale citar que o site permite outros métodos de envio além da página: Existe a possibilidade de enviar os arquivos através de um aplicativo e também por email. Mais detalhes sobre esses métodos em http://www.virustotal.com/pt/metodos.html .

Você acaba de receber um arquivo por email. Seu antivírus não acusou nada, mas você está com a pulga atrás da orelha e gostaria de conferir...

Mais visitadas no mês