Fórum F2 - Suporte, NO AR !!!!!!

Olá amigos !

Tivemos uma dificuldade com o BD do fórum e foi necessária a restauração do mesmo para a data do dia 18/09/2010.
Sendo assim algumas postagens, imagens, membros registrados após esta data, não estão mais no BD sendo necessária a reinscrição dos membros, recolocação das imagens e se tiver alguma postagem (apostila, tutorial etc..)que seja de seu interesse e não localizar, por gentileza faça o pedido na área de pedidos.




Sem mais, agradeço a sua atenção.

Olá amigos ! Tivemos uma dificuldade com o BD do fórum e foi necessária a restauração do mesmo para a data do dia 18/09/2010. Sendo assim al...

Mac's não servem para jogos ?





Desde sempre, um dos principais argumentos dos defensores do Windows quando discutem suas preferências com os usuários de computadores Apple é: “Não existe jogo para Mac”.
A rigor, esse sempre foi um falso pressuposto, com diversos jogos interessantes e divertidos disponíveis para o Pomar, como o excelente e viciante Zuma, da PopCap Games, até o famosíssimo World of Warcraft, da Blizzard.
Porém, tirando alguns poucos títulos mais famosos, quem procurava jogos novos e lançamentos do mundo dos games para um Mac realmente se decepcionava. Não existia – e em muitos casos ainda não existe – interesse de alguns desenvolvedores em produzir versões de seus principais produtos para o Mac OS X.
Apesar de a vontade de jogar em um Apple ter sido sanada de diversas formas – desde jogos simples até virtualizações como as feitas pelo CrossOver –, a maioria dos gamers que trabalhava em Macs acabava por manter um PC Windows em casa apenas para a diversão.
MacBookQuando, em 2005, a Apple anunciou que seus computadores passariam a contar com processadores Intel – os mesmos, ou pelo menos semelhantes, que equipavam a maioria dos PCs Windows – um brilho de esperança surgiu em muita gente que se virava para poder jogar e trabalhar em um Mac.
Infelizmente a coisa não funcionou exatamente como se esperava, uma vez que a grande maioria dos lançamentos de jogos continuou sendo feita apenas para Windows. Mesmo assim, a esperança e o desejo do macmaníacos de jogar em seu iMac sem precisar de adaptações ou sofrer com performance diminuída não morreu.
A todo vapor
O cenário dos Mac-gamers começou a mudar recentemente. Mais precisamente no dia 12 de maio, quando uma nova fruta apareceu no pomar: o Steam. Mesmo não sendo um jogo em si, o Steam trouxe para os Apple fanáticos um novo horizonte quando se trata de games.
Praticamente idêntico à versão para Windows, o aplicativo facilitou para os grandes desenvolvedores de jogos - que ainda não faziam o transporte de seus softwares do Windows para o Mac - perceberem que existe demanda por algo além dos jogos casuais e MMOs.
PortalO primeiro grande título a chegar ao Mac pelo Steam foi Portal. O quebra-cabeças em primeira pessoa foi temporariamente disponibilizado gratuitamente – tanto para Mac OS quanto para Windows – para comemorar a chegada da plataforma ao pomar.
Gráficos!
Uma das principais preocupações de qualquer gamer sério é a qualidade dos gráficos e das animações dos jogos. FPS (“frames-per-second”, ou quadros por segundo) é normalmente a principal medida de desempenho gráfico utilizada pelos especialistas.
Windows 7 versus Mac OS X
O site Tom´s Hardware – especializado em testes de computadores e outras medições relacionadas a equipamentos – realizou um comparativo entre o desempenho de Portal rodando tanto no ambiente Microsoft quanto no Snow Leopard.
Utilizando um MacBook Pro e um computador montado especialmente para rodar jogos, o pessoal do Tom´s Hardware instalou o Windows 7 e o Mac OS X em ambas as máquinas, e conseguiu os seguintes dados:
Tabela comparativa do desempenho entre Mac OS X e Windows 7. Fonte: Tom´s Hardware
Como você conferiu, o Windows ainda é mais eficiente em apresentar os gráficos dos jogos quando comparado ao Mac OS X. Em configurações mínimas, o ambiente Microsoft atinge praticamente o dobro da taxa de FPS que o sistema da Apple, e em configurações avançadas, mesmo que a diferença diminua, a vantagem ainda reside em Redmond.
DirectX e OpenGL
Esses dois nomes são – provavelmente – a razão pela disparidade entre os resultados gráficos no embate Mac OS X versus Windows 7. Enquanto a Microsoft há anos publica drivers e atualizações do DirectX para jogos, as versões para Mac foram transportadas para o ambiente OpenGL favorecido pela Apple há poucas semanas.
Com isso, é de se esperar que o desempenho na renderização das imagens sob o OpenGL não seja comparável à realizada pelo DirectX. Ainda assim, os valores apresentados no Snow Leopard não tornam o jogo inviável, permitindo aproveitar Portal com relativa qualidade.
A grande questão – aparentemente já respondida pela Valve, desenvolvedora do Steam – é quanto tempo levará para que as otimizações necessárias para equiparar a qualidade gráfica dos jogos no Mac e no Windows aconteçam.
Portal, no Windows e no Mac através do Steam
Portal, título de referência da plataforma de jogos no Mac, já recebeu suas primeiras atualizações voltadas a esse problema, e outros títulos disponíveis no Steam também já estão consolidando as alterações necessárias para migrar com graça e qualidade para o ambiente OpenGL.
O Mac gamer
Ainda é cedo para dizer que os computadores da Apple serão uma alternativa viável e equivalente a um PC baseado em Windows para quem quer estar sempre no topo da pirâmide do entretenimento.
Steam chega ao Mac OS XMesmo com o Steam provando que é possível jogar no Mac sem sofrer para encontrar títulos interessantes, ainda há um longo caminho a ser percorrido até que o catálogo do pomar seja tão vasto – e valioso – quanto o existente para Windows.
Provavelmente esse dia chegará antes que se perceba, já que a Blizzard (World of Warcraft, Diablo e Starcraft) e outras gamehouses estão comprometidas em trazer para o Mac o entretenimento que faltava aos computadores da Apple. A Valve e seu Steam são apenas o começo de mais uma revolução no mundo de Steve Jobs.

Desde sempre, um dos principais argumentos dos defensores do Windows quando discutem suas preferências com os usuários de computadores App...

Como verificar se você tem privilégios de administrador - Windows 7

Por padrão, existem dois tipos de contas no Windows: o usuário padrão e o administrador. A diferença entre elas é que o administrador pode fazer qualquer coisa com o sistema: configurar hardware, instalar e remover programas, alterar as configurações de rede, etc. Já as permissões do usuário padrão são mais limitadas.
Para descobrir se possui privilégios de administrador, você pode seguir pelo menos uma das três dicas a seguir.
A primeira delas é acessar o Painel de Controle, através do Menu Iniciar, e escolher a seção “Adicionar ou remover contas de usuário”. Seguindo esse roteiro, você verá uma tela com a lista de todos os usuários cadastrados no sistema e, logo abaixo do nome de cada um, o tipo a que ele corresponde:
Lista dos usuários cadastrados no sistema
O usuário “Convidado” tem privilégios ainda mais limitados do que o usuário padrão. Ele existe na sua máquina para aquelas pessoas que precisam do seu computador por um período limitado de tempo, por exemplo, aquele vizinho que está sem internet e precisa enviar um e-mail urgente.
Outra forma de verificar as suas permissões de usuário é através do Menu Iniciar, clicando com o botão direito do mouse no item “Computador” e selecionando a opção “Propriedades”.
Na nova janela, procure pela seção “Nome do computador, domínio e configurações de grupo de trabalho”. Caso o seu usuário seja do tipo “padrão”, você receberá uma mensagem avisando que não é possível alterar as configurações do sistema:
Mensagem de alerta: o usuário não tem privilégios de administrador.
Se ainda assim você estiver em dúvida, pode apelar para mais uma alternativa: o IsAdmin, um programa pequeno, de 64 KB, que não precisa nem mesmo ser instalado. Ao ser executado, o software informará se o seu usuário tem ou não privilégios de administrador.
IsAdmin, um programa simples e objetivo
O programa está disponível aqui mesmo, no Baixaki. Se ao iniciá-lo, a janela do IsAdmin ficar verde, o seu usuário tem superpoderes, ou seja, é administrador. Caso contrário, não. Mais prático, impossível!


Fonte: http://www.baixaki.com.br/info/5365-dicas-do-windows-7-como-verificar-se-voce-tem-privilegios-de-administrador.htm

Por padrão, existem dois tipos de contas no Windows: o usuário padrão e o administrador. A diferença entre elas é que o administrador pode...

Como prevenir erros de travamentos do explorer - Windows 7

Uma situação pela qual praticamente todo usuário do Windows já passou é ter que enfrentar um travamento aparentemente aleatório do sistema durante a navegação por pastas. Isso acontece normalmente quando se abre muitas janelas no Explorer do sistema operacional, porém nem mesmo máquinas poderosas em que o usuário navega de forma comedida estão livres do problema.
Em geral, a única solução é fechar o Explorer ou, em casos extremos, reiniciar a máquina para que tudo volte ao normal. Infelizmente, o Windows 7 também não está livre desse tipo de problema, mas fornece ao usuário a opção de abrir pastas em um processo diferente do Explorer tradicional. Assim, se houver algum travamento durante a navegação, não é mais preciso encerrar todos as outras atividades realizadas em seu computador.
Como evitar travamentos do Explorer
O processo para configurar um novo processo para a navegação das pastas do computador é simples, basta seguir os passos apresentados abaixo:
1) Abra uma janela qualquer do Explorer, clique em “Organizar” e em seguida selecione o campo “Opções de pasta e pesquisa”;
2) Na janela que abre, selecione a aba “Modo de exibição”;
3) Agora basta encontrar a opção “Iniciar as janelas de pastas em um processo separado” e deixá-la marcada. Em seguida, clique em “Aplicar” para que as mudanças entrem em ação.
Agora, toda vez que acontecer de uma pasta qualquer travar e ser preciso encerrar o processo, não será mais preciso aguardar até que o Explorer reinicie automaticamente para voltar a utilizar a máquina. Embora seja uma opção bastante útil, vale lembrar que seu uso é recomendado somente para quem possui um computador com boa quantidade de memória RAM (o recomendado é ter ao menos 4GB).
Além de consumir mais recursos da máquina, habilitar essa opção também pode significar alguns conflitos com extensões que utilizam o Explorer como parâmetro de funcionamento. Portanto, leve esses fatores em consideração antes de realizar as mudanças e, caso detecte algum problema de desempenho, desative-a imediatamente.

Uma situação pela qual praticamente todo usuário do Windows já passou é ter que enfrentar um travamento aparentemente aleatório do sistema...

Download Windows 7 Enterprise (32 e 64 Bits)

"Liberada a versão Enterprise Windows Sete. Venha conhecê-la e conferir todas as novidades!"
Com o lançamento cada vez mais próximo, a Microsoft já liberou uma versão nova do Windows 7 para download. Com a retirada da versão RC, o sistema operacional que chega às lojas em outubro já está disponível para download e é gratuito por 90 dias até que a versão definitiva comece a ser comercializada. Este download não é o mais rápido que você já viu, afinal o arquivo é pesado e pode demorar algumas horas para ser totalmente baixado.

Para poder fazer este download é preciso passar por uma série de formulários. O primeiro deles exige que você faça o login da sua Windows Live Account.  Se você utiliza serviços Microsoft tais como o Windows Live Messenger ou uma conta Xbox Live, por exemplo, você já possui uma Windows Live Account. Depois, você deve preencher um formulário informando seus dados e o porquê de estar baixando o Windows 7 Enterprise.
Escolha qual é a versão que você deseja baixar
Faça o login da sua Windows Live Account
Nesta etapa é crucial informar que você é um profissional da área de TI (Tecnologia da Informação). Caso contrário não será possível fazer o download da versão de testes do Windows 7. Depois, você receberá um email na conta que informou no cadastro. Certifique-se de ter assinalado a opção de que você é um profissional de TI para poder baixar o arquivo. Depois, basta clicar no link contido na mensagem para ser direcionado automaticamente para uma tela que confirma a validade do seu email. Em seguida, clique no botão “Continue” para iniciar o download.
Durante o cadastro, informe a opção indicada
Logo que terminar, basta aguardar o tempo necessário para baixar os 2,24 GB do sistema operacional. O tempo deve variar de acordo com aconexão e a capacidade de processamento do seu computador. Logo, não é possível garantir que este será um processo rápido.
Aguarde o download terminar
As Novidades
Em um primeiro instante tudo pode parecer idêntico ao Windows Vista (com as janelas e barras translúcidas ou os gadgets da barra lateral à direita), mas as semelhanças acabam assim que você abre algum aplicativo.
Eles agora são mostrados na forma de botões, sem as descrições em texto ao lado (mas, é claro, você pode voltar ao padrão anterior se assim desejar), o que auxilia na operação por toques em computadores com telas sensíveis a eles. É sob estes mesmos ícones que todas as janelas dos aplicativos abertas são agrupadas, sendo identificadas por marcações em relevo logo ao lado.
Com marcações tão pequenas, como selecionar exatamente a janela desejada? Muito simples, arraste seu mouse sobre o programa desejado para abrir a visualização em miniaturas. Agora elas estão maiores e mais funcionais, permitindo seleções dinâmicas (que mudam com uma simples passada do ponteiro do mouse), inclusive que você feche o que não é mais necessário sem ter que maximizar o conteúdo.
Dependendo dos aplicativos em uso, eles também são agrupados lado a lado na própria barra (com uma pequena separação), para que você possa alternar entre eles sem qualquer dificuldade.


Caminho direto para os programas
Agora você pode inserir seus programas ao lado do botão iniciar sem a necessidade de separações para ícones de inicialização rápida. Basta arrastar o ícone do programa desejado (ou um atalho para ele) até a barra para fixá-lo nela. Mesmo que o programa não esteja rodando, ele será mostrado continuamente, podendo ser aberto instantaneamente com apenas um clique.
De modo a tornar o acesso ainda mais ágil, clicando com o botão direito sobre os programas que estão na barra de tarefas você abrirá as chamadas “Jump Lists”. Estas listas rápidas contêm diversas áreas dos programas — tais como configurações, páginas de documentos, opções específicas e arquivos abertos recentemente — para que você chegue direto ao ponto, economizando cliques e tempo.
Uma espiada no seu Desktop
Se você precisar conferir algum dado ou arquivo que está localizado na sua área de trabalho, debaixo de uma pilha de janelas, saiba que agora não é mais necessário minimizá-las. O recurso é chamado de Aero Peek e torna tudo que está na tela translúcido, permitindo que você veja tudo que está por baixo.
Basta levar seu mouse até o lado direito da barra de tarefas, sobre um pequeno botão para ativar seu funcionamento. Se for necessário, clique sobre este botão para minimizar todo o conteúdo que estiver no caminho e, para restaurar tudo ao estado anterior, repita a operação.
Comparação lado a lado
Continuando com os novos recursos de visualização de conteúdo do Windows 7, temos também o modo de comparação entre duas janelas, afinal, quem é que nunca quis avaliar bem suas compras antes de finalizá-las, ou ainda comparar o antes e depois de uma edição de imagem ou vídeo?
Para deixar duas janelas lado a lado, separadas exatamente no centro da tela, arraste uma delas em direção ao canto superior esquerdo e outra para o canto superior direito. Voilà!
Redes e compartilhamento sem complicações
Quem nunca se bateu tentando montar uma rede em casa, não é mesmo? E é justamente aí que está outra promessa do novo sistema da Microsoft. O Windows 7 é capaz de reconhecer automaticamente todos os dispositivos que estão conectados — ou ao alcance — ao seu computador através de cabos ou por meio de redes sem fio (Wi-Fi).
Uma vez reconhecidos, eles podem ser abertos como se fossem outros discos rígidos para a visualização de arquivos (dependendo das configurações de compartilhamento selecionadas para cada máquina) ou também como centrais de multimídia, conforme foi demonstrado durante a CES.
Ao executar o Windows Media Player, por exemplo, você pode escolher entre abrir uma música que está no seu laptop e tocá-la no seu computador, ou ainda mandá-la para outro aparelho, como um Xbox 360, sem a necessidade de fios e sem complicações. Todo o processo é instantâneo e automatizado.
Solução imediata e automática de problemas
Pode parecer mentira, mas a detecção automática de problemas no sistema e a busca automatizada de drivers para dispositivos não reconhecidos passou por uma remodelagem completa e agora funciona pra valer!
Basta seguir os passos descritos na tela e aguardar alguns instantes. Lógico, não é com tudo que a busca vai funcionar, mas para a grande maioria de placas e dispositivos o resultado é surpreendente.
Comandos por toque: um futuro inevitável
A onda começou com os primeiros Pocket PCs, ganhou muita força com os iPhones e iPods Touch (os portáteis da Apple, que contam com suporte completo para a tecnologia, reconhecendo inclusive múltiplos toques simultaneamente) e ultimamente aterrissou nos laptops, principalmente da marca HP.
Os comandos por toque são parte do futuro, garantindo um nível de interatividade ainda maior com conteúdos e aplicativos.
É justamente por isso que agora o Windows já oferece suporte nativo à tecnologia, contando com os recursos necessários para a sua operação e também aplicativos especiais, como o Surface Globe, um mapa similar ao Google Maps controlado apenas com gestos e com suporte a rotação e zoom em tempo real.
Torne suas conversas mais divertidas
Para os fãs de bate-papos e conversas por MSN, a Microsoft preparou uma surpresa. Na versão do Windows Live Messenger que acompanha o Windows 7 Beta, você pode gravar pequenos vídeos com sua webcam e utilizá-los como imagem de exibição, dando um toque muito mais personalizado às suas conversas.
Além disso, os emoticons (as expressões em forma de desenho) podem ser atrelados à sua imagem, isto é, a cada vez que você mandar um sorriso ou uma cara de choro para alguém pela janela de conversação, por exemplo, a sua exibição imediatamente mudará para uma correspondente.
Obviamente, para que tudo funcione, é necessário que você registre as fotos manualmente. Ao menos o processo é bem simples.
Muito, mas muito mais veloz
De todas as novidades, talvez a que mais agrade aos usuários é a redução do número de serviços que é carregado na inicialização do sistema. Abrindo apenas o necessário para o seu funcionamento, o Windows torna-se mais leve tanto em termos de consumo de memória quanto de processamento.
O resultado é um desempenho muito superior em todos os momentos, seja para abrir programas e janelas ou para carregar arquivos, aceitável até mesmo em máquinas não tão robustas, carregando sem dificuldades a interface Aero Glass.
Sem os mesmos incômodos
Uma das principais reclamações entre aqueles que optaram por utilizar o Windows Vista nos últimos anos foi relativa à constante presença das caixas de confirmação para a movimentação de dados entre pastas, para a instalação de programas e também para o acesso a certas configurações de sistema.
Esta infraestrutura de segurança, chamada de UAC (User Account Control), apesar de visar reduzir os riscos no acesso dos aplicativos — prevenindo desta forma que malwares e outros arquivos potencialmente perigosos ganhem entrada livre ao núcleo do sistema operacional — torna-se irritante com o tempo.
No Windows 7, o UAC está presente para tentar manter a integridade do seu computador, mas de forma mais sutil. Ao contrário do que foi visto com seu antecessor, no Windows 7 poucas são as vezes em que você se deparará com os alertas e telas escurecidas.
Mais perto da perfeição
Infelizmente, nada é perfeito. Se tudo parecia bom demais para ser verdade, saiba que existem algumas inconsistências no Windows 7. Essas inconsistências ficaram escancaradas na versão Beta, mas agora elas estão drasticamente reduzidas.
Nem todos os programas se comportam bem no novo ambiente da Microsoft, o que resulta em travas gerais de sistema ou ainda parciais, fechando o aplicativo imediatamente. No entanto, a Microsoft já anunciou que a versão Ultimate do Windows 7 vai contar com o XP Mode, uma plataforma virtual para a execução de programas do Windows XP sem problemas de compatibilidade.
De qualquer maneira, o salto que o Windows 7 deu desde janeiro é gritante. É surpreendente ver que um sistema com lançamento previsto apenas para daqui a alguns meses já é tão sólido e bem acabado.


Limitações
A versão RC do Windows 7 vai ficar disponível até o mês de julho, pelomenos. O número de downloads e números de série são ilimitados.Essa versão pode ser utilizada até o 1º de junho de 2010. Mas atente: apartir do dia 1º de março, seu computador será desligado de duas em duas horas em função de ser uma versão RC.
Como baixar
Após clicar em "Clique para baixar", você será direcionado à página de download do Windows 7. Mas tenha calma, é necessário seguir alguns passos para começar o download. Vá até a parte de baixo da página. Para começar, você deve escolher o tipo do seu sistema: 32-bit (x86) à esquerda ou 64-bit (x64) à direita. Abaixo da opção correspondente ao seu sistema, escolha o idioma do download. Atualmente, cinco línguas estão disponíveis: alemão, espanhol, francês, inglês e japonês. Clique na seta para prosseguir.
Atente para o tipo de sistema e o idioma.
Para dar sequência ao download, é necessário fazer o login com sua Live ID - ou seja, seu email do Hotmail ou MSN. Caso você ainda não tenha esse login, aproveite para criar o seu, clicando em "Sign up now".
Faça o login com sua Live ID.
Depois de logar com sua Live ID, um cadastro é exibido. Nele você deve, obrigatoriamente, informar nome completo, um endereço de email válido, localidade, tipo de usuário (estudante, entusiasta, profissional da informática, etc) e qual versão do Windows você utiliza atualmente.
Preencha o cadastro, é simples.
Opcionalmente, você pode escolher receber duas newsletters com assuntos sempre ligados às novidades do mundo virtual. Também é possível permitir que a Microsoft envie novidades para o seu endereço de email. Clique em "Continue" para continuar.
Você deverá receber um email para a verificação do endereço que você forneceu. Basta abrir esta mensagem e clicar no link enviado. Uma nova página será aberta, confirmando a verificação do email. Clique em "Continue" para prosseguir.
Na página exibida, atente para o número de série fornecido. Ele deverá ser utilizado para validar sua cópia do Windows 7. Anote este número em algum papel ou imprima-o para poder instalar o Windows. Clique em "Download Now" para começar.
Inicie o download.
Atente que o gerenciador de download é próprio do site da Microsoft. Lembre-se de liberar o componente para que ele seja executado. Pronto, o Windows 7 já está a caminho do seu computadador.



FONTE: http://www.baixaki.com.br/download/windows-7.htm

"Liberada a versão Enterprise Windows Sete. Venha conhecê-la e conferir todas as novidades!" Com o lançamento cada vez mais próxi...

Ubuntu 11.04: Natty Narwhal!

Veja novas postagens sobre Linux, Android, Software livre no site: http://f2suporte.wordpress.com

Depois de muitas especulações, Mark Shuttleworth anuncia o nome pelo qual o Ubuntu 11.04 foi carinhosamente apelidado


Depois de muitas especulações, que colocavam o nome “Neverending Nightmare” (pesadelo interminável, em tradução livre) como o próximo apelido carinhoso para o Ubuntu 11.04, eis que a resposta surge de fonte confiável.
De acordo com o anúncio de Mark Shuttleworth (o líder por trás do Ubuntu), o codinome dado à próxima atualização do sistema operacional se chama Natty Narwhal, um mascote de peso para chegar com tudo como versão pós Maverick Meerkat.
Natty Narwhal nada mais é do que uma baleia proveniente do Ártico (ameaçada de extinção) que pode ser reconhecida por seu chifre em formato helicoidal no topo da cabeça. De acordo com Shuttleworth, este é o mais próximo que podemos chegar de um unicórnio.
Esta é a Natty!
Fonte: WebUpd8
O nome foi selecionado para lembrar a todos que “temos apenas uma nave para acolher toda a humanindade”. Com isso, as distribuições Linux chegam até a letra “N” com referências a nomes de animais e adjetivos que mostrem a chegada de uma nova distribuição para “computadores livres”.
Apenas as duas primeiras distribuições não seguiam este padrão, a Warty Warthog (4.10) e a Hoary Hedgehog (5.04). Entretanto, depois delas, todas estão em ordem alfabética, inciando pela Breezy Badger (5.10) até a mais atual, a Lucid Lynx, (10.04).
Caso você tenha curiosidade sobre os codinomes batizados para cada uma das distribuições, é possível encontrar aqui uma página que traz todos os nomes das distribuições e curiosidades a respeito de cada uma delas.
Você pode acessar também o próprio site do Ubuntu (em inglês) e conferir todas as distribuições, nomes e a quais animais cada uma representa.

Fonte: http://www.baixaki.com.br/info/4947-anunciado-o-nome-do-ubuntu-11-04-muito-prazer-natty-narwhal-.htm

Veja novas postagens sobre Linux, Android, Software livre no site: http://f2suporte.wordpress.com

Veja novas postagens sobre Linux, Android, Software livre no site:  http://f2suporte.wordpress.com Depois de muitas especulações, Mark Shutt...

Instalando EMESENE no ubuntu.







Na maioria das vezes o EMESENE pode ser instalado facilmente.

Menu Principal > Aplicações > Adicionar/Remover. Selecione em exibir "Todas aplicações disponíveis" como na imagem, em seguida digite emesene na busca, selecione o programa e clique em aplicar.




Quando não é possível pela forma acima siga os passos abaixo:

O primeiro passo será adicionar o repositório do programa a nossa sources.list .
Abra o terminal e digite o comando.

sudo gedit /etc/apt/sources.list


Agora com o seu sources.list aberto copie e cole a linha abaixo no arquivo (procure organiza-lá colocando um comentário como na imagem).

deb http://apt.emesene.org/ ./

Salve e feche o arquivo. Agora novamente no terminal digite:

sudo apt-get update

Esse comando faz com que o Ubuntu veja se há atulizações no sources.list e atualizações de software. Agora você pode instalar o Emesene facilmente pelo comando:

sudo apt-get install emesene

Confirme com S a instalação e aguarde terminar. Pronto o Emesene já está na sua máquina
Agora você pode inicia-lo pelo terminal digitando emesene ou então pelo local indicado na foto:

 Créditos: http://deubug.blogspot.com/2008/04/instalando-emesene-no-ubuntu.html

Na maioria das vezes o EMESENE pode ser instalado facilmente. Menu Principal > Aplicações > Adicionar/Remover . Selecione em exibir &...

Blog ### F2 - SUPORTE ### TI: Software Freedom Day - Porto Alegre

Blog ### F2 - SUPORTE ### TI: Software Freedom Day - Porto Alegre

Blog ### F2 - SUPORTE ### TI: Software Freedom Day - Porto Alegre

Manutenção planejada Fórum ### F2 - Suporte ###

Estamos fazendo uma manutenção planejado no fórum e ele estará novamente no ar dia 1º.
Apartir do dia 1º o fórum retornará com, atualização do sistema, compatibilidade de plugins, novas postagens, novos plugins.

Enquanto isto visite http://f2suporte.blogspot.com

Estamos fazendo uma manutenção planejado no fórum e ele estará novamente no ar dia 1º. Apartir do dia 1º o fórum retornará com, atualizaçã...

Instalando e Configurando Thunderbird com uma conta Gmail no Ubuntu

Segue abaixo os passos para instalar e configurar o Thunderbird com sua conta de e-mail Gmail, no Ubuntu:

No terminal, digite o seguinte comando:

apt-get install thunderbird

Esse comando irá baixar e instalar a versão mais atual do Thunderbird.



Após concluido o download e instalação, você encontrará o Thunderbird em Aplicações/Internet/Cliente de Email Thunderbird



Vamos agora configurar sua conta:

Abra o Thunderbird. Como não há nenhuma conta configurada, ele abrirá diretamente na configuração.

Selecine a opção "Conta de E-mail" e clique em "Next"


Digite seu nome ou nome que deseja que apareça no envio de suas menságens.
Digite seu endereço de e-mail. Não esqueça de complementar com "@gmail.com"


Selecione a opção POP.
Na opção "Receber mensagens por este servidor" digite: pop.gmail.com
Na opção "Enviar mensagens por este servidor" digite: smtp.gmail.com


No campo "Nome de Usuário" digite seu endereço de e-mail;
No campo "Nome de Usuário do Servidor SMTP" digite também seu endereço de e-mail.
Exemplo: fulano_de_tal@gmail.com

Digite o nome da Conta e clique em Next
Confirme os dados da conta e clique em Concluir.

Agora é necessário configurar a conta recém-criada para que utilize conexões criptografadas.

Clique em Editar/Configurar Contas. Clique em Servidor
Selecione a opção "Conexão Segura: SLL"
No campo "Porta" digite 995;
Mantenha não selecionada a opção "Usar Autenticação Segura".

PRONTO!!! Sua conta foi criada..


Créditos: http://mundodeumapamella.blogspot.com

Segue abaixo os passos para instalar e configurar o Thunderbird com sua conta de e-mail Gmail, no Ubuntu: No terminal, digite o seguinte com...

Usando uma impressora compartilhada no Windows pelo MAC OS.

MAIS POSTAGENS SOBRE MAC :::::: CLIQUE AQUI ::::::



MAIS POSTAGENS SOBRE MAC :::::: CLIQUE AQUI ::::::



OFERECIMENTO:
.


Rede entre Windows e MAC


Como adicionar uma impressora no Macbook pro modo REDE IP fácil e rápido





Usando uma impressora compartilhada no Windows pelo MAC OS.

Via- Fonte: http://www.gusleig.com/sos/2010/05/aplicativos-programas/mac-osx/configurar-impressora-do-windows-compartilhada-no-mac-os-x/

1. Vá em “Preferências do Sistema” que fica clicando na maçã no canto esquerdo superior.
2. Na seção de Hardware, escolha Impressão e Fax.
3. Clique no botão (+) para Adicionar uma nova impressora.



4. Mantenha a tecla control apertada ao clicar no ícone de impressora padrão (o primeiro da esquerda pra direita) e depois clicar em “Personalizar Barra de Ferramentas).

5. Arraste o ícone de “Avançado” para a barra da tela anterior, para ficar ao lado do ícone de impressora do Windows.

6. Agora clique no novo botão “Avançado” para ver a tela acima. Escolha o “Tipo” para “Windows”. Note que você deve digitar o endereço de rede da impressora que é apresentado no modelo abaixo.
smb://workgroup/servidor/compartilhamento
smb://servidor/compartilhamento
7. Altere os nomes workgroup, servidor e compartilhamento (nome da impressora compartilhada) conforme a sua configuração.
8. Por fim escolha o “Nome” (no meu exemplo da imagem foi Xerox) que dará para identificar a impressora no seu Mac e também o driver apropriado em “Imprimir Usando”. Clique em Adicionar para finalizar.




Fonte: http://www.gusleig.com/sos/2010/05/aplicativos-programas/mac-osx/configurar-impressora-do-windows-compartilhada-no-mac-os-x/

MAIS POSTAGENS SOBRE MAC  :::::: CLIQUE AQUI :::::: MAIS POSTAGENS SOBRE MAC :::::: CLIQUE AQUI :::::: OFERECIMENTO: ///////////////////////...

Dicas para não queimar o seu filme e de sua empresa em redes sociais



Especialista enumera os macetes para não se comprometer nem profissional e nem pessoalmente na web


Especialista enumera os macetes para não se comprometer nem profissional e nem pessoalmente na web
Especialista enumera os macetes para não se comprometer nem profissional e nem pessoalmente na web
por Renato Grinberg
Com o boom de ferramentas como o Facebook, Orkut e Twitter entre os internautas brasileiros, a vida pessoal torna-se ainda mais exposta em toda a rede. Isso pode trazer benefícios, caso as informações sejam bem gerenciadas, mas também tem o potencial de gerar graves conseqüências, até mesmo no ambiente profissional. Alguns casos ganharam notoriedade pela falta de cuidados de profissionais ao emitir opiniões sobre as companhias em que trabalhavam. Um exemplo disso é o caso do diretor Comercial de uma empresa que foi demitido ao escrever no microblog ofensas aos torcedores de um time de futebol patrocinado pela organização.
Nesses casos, é preciso ter mente que as informações disponibilizadas na internet estão em um espaço público, que pode ser acessado por qualquer pessoa, inclusive pelo seu chefe. De acordo com uma pesquisa da consultoria Manpower, que contou com a participação de quase mil empregadores, 55% das empresas brasileiras controlam o uso das mídias sociais. Dentre elas, 32% diz que o motivo é proteger informações confidenciais e 19% que é preciso proteger a reputação.
Tudo isso trouxe à tona o questionamento sobre a relação existente entre as esferas pública e privada da vida de um cidadão. Acredito que uma empresa não pode dispensar um funcionário apenas pelo fato de discordar de alguma de suas ações. Porém, desabafos em ambientes virtuais que digam respeito à companhia onde trabalha ou aos seus parceiros, denegrindo a imagem de ambos, podem gerar demissão por justa causa. Isso, inclusive, está de acordo com a lei brasileira, desde que o colaborador tenha infringido regras apresentadas anteriormente ou que a empresa comprove que determinada atitude tenha sido prejudicial.
Veja, a discussão aqui não deve ser sobre o que é certo ou errado quanto ao monitoramento realizado por parte das empresas. O fato é que mesmo sem a intenção da companhia de controlar o conteúdo, as informações geradas na internet são disseminadas e podem chegar aos ouvidos de um profissional que tenha o poder de decidir sobre sua permanência ou não no cargo que ocupa. Por isso, vale a pena pensar em maneiras de evitar situações prejudiciais, tanto para as empresas quanto para os profissionais.

Para os profissionais
- Avalie o peso da sua opinião e possíveis conseqüências que podem ser geradas, principalmente se ocupa um cargo gerencial ou de confiança;- Tenha em mente que o mundo inteiro pode ter acesso ao que escreve e que sua imagem está em jogo;
- Cuidado com a divulgação de questões internas da empresa, mesmo que pareçam simples ao seu julgamento. Muitas vezes, estamos tão imersos em uma realidade que não damos conta de como um pequeno detalhe pode revelar muitas coisas;
- Evite falar mal de concorrentes, pois essa é uma prática considerada antiética;
- Tenha uma conversa com seus superiores sobre o que pode ou não ser divulgado na internet. Nada melhor do que ter o aval da companhia para evitar possíveis problemas por falta de alinhamento.
Para os gestores de empresas ou líderes
- Reconheça que a presença das mídias sociais na rotina da maioria dos funcionários é uma realidade. Portanto, busque elaborar um código de conduta explicativo quanto às informações que podem ser ou não divulgadas;
- Oriente a equipe quanto aos cuidados que devem tomar, pois os colaboradores devem entender que carregam consigo a imagem corporativa;
- Esteja sempre aberto para dúvidas relacionadas a esse tema e não trate o assunto como algo que não pode ser discutido dentro da empresa.
[Renato Grinberg é diretor Geral do portal de empregos Trabalhando.com.br e especialista em carreiras e mercado de trabalho]


Fonte: http://tecnologia.br.msn.com/dicas/artigo.aspx?cp-documentid=24690326

Especialista enumera os macetes para não se comprometer nem profissional e nem pessoalmente na web Especialista enumera os macetes ...

Você sabe o que fazem com seu cartão de crédito na internet?


As fraudes se sofisticam na internet e você precisa ter cuidado redobrado
As fraudes se sofisticam na internet e você precisa ter cuidado redobrado
As fraudes se sofisticam na internet e você precisa ter cuidado redobrado
por Erick Feres
Tal como no mundo real, as fraudes também atingem o mundo virtual da Internet. Hackers diariamente invadem nossos computadores, capturam informações pessoais e fazem transações financeiras e comerciais criminosas. Tudo isso acaba por causar enormes prejuízos às instituições bancárias, comerciais e aos próprios usuários internautas. Dentro de vários tipos de fraudes existentes iremos focar especificamente naquela que expõe a fragilidade do sistema de pagamento feito pelo cartão de crédito.
Imagine que você vai a uma loja e decide pagar suas compras com o cartão de crédito, fora de sua vista o atendente do estabelecimento toma nota dos dados do seu cartão. Passado um mês depois da compra, em sua fatura chegam cobranças de diversas compras online de sites que você nunca nem se quer ouviu falar. Obviamente a primeira atitude a ser tomada é de ligar ao banco emissor de seu cartão para pedir o cancelamento das compras realizadas. O cancelamento ou estorno é feito e, presume-se que o banco ou a administradora de seu cartão assumiu os custos do prejuízo.
O que muitos não sabem, é que quem paga por isso é o próprio lojista onde o cartão foi usado. As bandeiras de cartões de crédito não se responsabilizam por vendas não presenciais, ou seja, aquelas onde o cliente não está fisicamente presente pagando com o cartão. O dono de um e-commerce muitas vezes não sabe desse risco e toda transação que passa pela loja é aceita, imaginando que essa é uma operação sem risco. Ele começa a notar o tamanho do problema que é vender sem saber quem está do outro lado dessa operação, quando começa a receber cartas da administradora de cartões solicitando documentos que comprovem a venda cobrada na fatura dos clientes.
Hoje é muito simples fazer transações online com cartão de crédito, basta inserir o número do cartão, validade e código de segurança do mesmo. Poucos bancos solicitam senha para liberar a compra. Mesmo que a senha seja digitada, o banco não se responsabiliza caso seja algum tipo de fraude.
Então, como fazer para saber se é seguro ou não vender para determinados clientes? Impossível ter certeza em todas as vendas, porém alguns cuidados podem ser tomados para evitar esse tipo de complicação. Existem muitos fatores que levam a uma desconfiança, por exemplo: compras de valores muito elevados, clientes que fazem um novo pedido logo após ter recebido a primeira compra, pedidos com cadastro de uma cidade/estado e entrega em outro local, pedidos aprovados somente após diversas tentativas, diversos pedidos feitos com cartões de bancos diferentes etc.
Quando notado algum tipo de suspeita, é recomendado solicitar ao cliente uma cópia de seus documentos e até mesmo da frente do cartão de crédito usado no pedido. Muitos já não dão continuidade à compra quando esse tipo de solicitação costuma ser feita e, recebendo os dados é possível confirmar com a administradora de cartões se os últimos números do cartão enviado são compatíveis aos usados durante o pedido. Só com esses cuidados é possível eliminar algumas tentativas fraudulentas de compras.
É possível também contratar ferramentas de análise de risco que fazem comunicação diretamente com o banco emissor do cartão do cliente para comparar os dados usados durante o pedido. Normalmente esse tipo de serviço é cobrado por consulta e também não assume nenhuma responsabilidade durante as transações.
Dificuldades em rastrear fraudes, leis que favorecem a impunidade e, o mais grave na avaliação de especialistas, é que a maior parte das instituições bancárias sequer registra ocorrências, pois não tem interesse em expor fragilidades. Estes são fatores que colocam em risco a sobrevivência de empresas de comércio pela internet, que acabam por ficar com todo o prejuízo. As administradoras de cartões que deveriam garantir a segurança do pagamento não se responsabilizam por estas transações fraudulentas feitas com cartão de crédito pela Internet, simplesmente estornam o prejuízo da conta do comerciante.
[Erick Feres é diretor do site de e-commerce Automatizando]

Fonte: http://tecnologia.br.msn.com/dicas/artigo.aspx?cp-documentid=24761795

As fraudes se sofisticam na internet e você precisa ter cuidado redobrado As fraudes se sofisticam na internet e você precisa ter cu...

Falha generalizada deixa Twitter inacessível de novo


Causa pode ter sido uma falha grave de segurança de JavaScript
Causa pode ter sido uma falha grave de segurança de JavaScript
Causa pode ter sido uma falha grave de segurança de JavaScript
Outra vez o Twitter deixou seus usuários com Síndrome de Abstinência. Nesta terça-feira (21/9), o serviço de microblog amanheceu inacessível para a maioria dos usuários e apenas parcialmente acessível para tantos outros.
Desde cedo, usuários estão encontrando dificuldades para acessar o microblog. Curiosamente, há diversas reclamações de que mensagens estão sendo “retwitadas” sem que o usuário tenha promovido essa ação, o que indicaria um ataque de vírus em massa. Quem utiliza Tweetdeck e o Twhril não sofreu com o problema, o que indica que o ataque se restringe ao Twitter central mesmo.
O Twitter avisou há pouco que realmente há uma falha generalizada de Cross-Site Script, de JavaScript, que resulta na injeção do código aleatoriamente através de links em twits. Se confirmada a falha de segurança, ela é extreamente grave, pois pode espalhar vírus em massa para todos os usuários do serviço.

Causa pode ter sido uma falha grave de segurança de JavaScript Causa pode ter sido uma falha grave de segurança de JavaScript Outra...

Simulador S.O LINUX (Centos, OpenSuSE, Ubuntu)



Buenas.

Lhes trago simuladores para as distribuiçoes Linux: Centos, Open Suse e Ubuntu.
Roda diteto no navegador, sem instalação, Cd, etc...


[Imagem: centos.jpg]

[Imagem: opensuse.jpg]

[Imagem: ubuntu_desktop.jpg]



LINK: http://www.click2try.com/catalog/Linux

Simulador S.O LINUX (Centos, OpenSuSE, Ubuntu) : Buenas. Lhes trago simuladores para as distribuiçoes Linux: Centos, Open Suse e Ubuntu. Rod...

Nova parceria de links fechada.

Fechamos hoje uma parceria de links com o:



Cyber Técnico - Fórum.






Eu recomendo.

Estão abertas as incriçoes para parcerias de link do blog e do fórum, utiliem o formulário de contato.

Fechamos hoje uma parceria de links com o: Cyber Técnico - Fórum . Eu recomendo. Estão abertas as incriçoes para parcerias de link do blog...

TABELA DE CORES WEB.

TABELA DE CORES WEB.

Tabela de cores - As 216 cores seguras da Web

(Cores com seus códigos hexadecimais. O carácter #inicial foi omitido).
000000
003333
000066
000099
0000CC
0000FF
003300
003333
003366
003399
0033CC
0033FF
006600
006633
006666
006699
0066CC
0066FF
009900
009933
009966
009999
0099CC
0099FF
00CC00
00CC33
00CC66
00CC99
00CCCC
00CCFF
00FF00
00FF33
00FF66
00FF99
00FFCC
00FFFF
330000
330033
330066
330099
3300CC
3300FF
333300
333333
333366
333399
3333CC
3333FF
336600
336633
336666
336699
3366CC
3366FF
339900
339933
339966
339999
3399CC
3399FF
33CC00
33CC33
33CC66
33CC99
33CCCC
33CCFF
33FF00
33FF33
33FF66
33FF99
33FFCC
33FFFF
660000
660033
660066
660099
6600CC
6600FF
663300
663333
663366
663399
6633CC
6633FF
666600
666633
666666
666699
6666CC
6666FF
669900
669933
669966
669999
6699CC
6699FF
66CC00
66CC33
66CC66
66CC99
66CCCC
66CCFF
66FF00
66FF33
66FF66
66FF99
66FFCC
66FFFF
990000
990033
990066
990099
9900CC
9900FF
993300
993333
993366
993399
9933CC
9933FF
996600
996633
996666
996699
9966CC
9966FF
999900
999933
999966
999999
9999CC
9999FF
99CC00
99CC33
99CC66
99CC99
99CCCC
99CCFF
99FF00
99FF33
99FF66
99FF99
99FFCC
99FFFF
CC0000
CC0033
CC0066
CC0099
CC00CC
CC00FF
CC3300
CC3333
CC3366
CC3399
CC33CC
CC33FF
CC6600
CC6633
CC6666
CC6699
CC66CC
CC66FF
CC9900
CC9933
CC9966
CC9999
CC99CC
CC99FF
CCCC00
CCCC33
CCCC66
CCCC99
CCCCCC
CCCCFF
CCFF00
CCFF33
CCFF66
CCFF99
CCFFCC
CCFFFF
FF0000
FF0033
FF0066
FF0099
FF00CC
FF00FF
FF3300
FF3333
FF3366
FF3399
FF33CC
FF33FF
FF6600
FF6633
FF6666
FF6699
FF66CC
FF66FF
FF9900
FF9933
FF9966
FF9999
FF99CC
FF99FF
FFCC00
FFCC33
FFCC66
FFCC99
FFCCCC
FFCCFF
FFFF00
FFFF33
FFFF66
FFFF99
FFFFCC
FFFFFF


VEJA NO LINK ABAIXO A TABELA DE CORES HTML.






http://www.mxstudio.com.br/Conteudos/Dreamweaver/Cores.htm


TABELA DE CORES WEB. Tabela de cores - As 216 cores seguras da Web (Cores com seus códigos hexadecimais. O carácter # inicial foi omitido )....

Mais visitadas no mês